Nome: Marília
Idade: 20
Signo: Escorpião
Cor: Verde
*A simplicidade embelza a beleza*
Baudelaire


.: Empoeirados :.

- 01/04/2009 a 30/04/2009
- 01/09/2008 a 30/09/2008
- 01/07/2008 a 31/07/2008
- 01/06/2008 a 30/06/2008
- 01/05/2008 a 31/05/2008
- 01/02/2008 a 29/02/2008
- 01/01/2008 a 31/01/2008
- 01/12/2007 a 31/12/2007
- 01/11/2007 a 30/11/2007
- 01/10/2007 a 31/10/2007
- 01/08/2007 a 31/08/2007
- 01/07/2007 a 31/07/2007
- 01/06/2007 a 30/06/2007
- 01/05/2007 a 31/05/2007
- 01/04/2007 a 30/04/2007
- 01/03/2007 a 31/03/2007
- 01/02/2007 a 28/02/2007
- 01/01/2007 a 31/01/2007
- 01/12/2006 a 31/12/2006
- 01/11/2006 a 30/11/2006
- 01/10/2006 a 31/10/2006
- 01/09/2006 a 30/09/2006
- 01/08/2006 a 31/08/2006
- 01/07/2006 a 31/07/2006
- 01/06/2006 a 30/06/2006
- 01/02/2006 a 28/02/2006
- 01/11/2005 a 30/11/2005
- 01/07/2005 a 31/07/2005
- 01/05/2005 a 31/05/2005
- 01/04/2005 a 30/04/2005
- 01/01/2005 a 31/01/2005
- 01/12/2004 a 31/12/2004
- 01/11/2004 a 30/11/2004
- 01/10/2004 a 31/10/2004
- 01/09/2004 a 30/09/2004
- 01/07/2004 a 31/07/2004
- 01/06/2004 a 30/06/2004
- 01/05/2004 a 31/05/2004
- 01/04/2004 a 30/04/2004
- 01/03/2004 a 31/03/2004
- 01/02/2004 a 29/02/2004
- 01/01/2004 a 31/01/2004

 


.: Outros sites :.

- MariliaAlves on deviantART
- Chão de Giz
- Merci Beaucoup
- Rosa Atômica
- Lemúrias
- Ponto de Fuga
- Thay Star
- Alê Carmani
- Granolla
- Hi_ato
- Vê Gelesson
- Reitano
- Lis Morila
- Fiacadori
- Bonamigo
- bLaV 2007 - a revolução dos bichos
- Effe
- Para.nóia Paulistana
- Asilo Multiply
- Blav Multiply
- Malu e a valisè das metáforas
- Pilar Bosia
- Vinicius Nakamura


.: Votação :.

- Dê uma nota para meu blog

Indique esse Blog


Visitante Número

.: Créditos :.

Dream Melody Layouts

Carne e Osso

A alegria do pecado
Às vezes toma conta de mim
E é tão bom não ser divina
Me cobrir de humanidade me fascina
E me aproxima do céu

E eu gosto
De estar na terra
Cada vez mais
Minha boca se abre e espera
O direito ainda que profano
Do mundo ser sempre mais humano

Perfeição demais
Me agita os instintos
Quem se diz muito perfeito
Na certa encontrou um jeito insosso
Pra não ser de carne e osso
Pra não ser carne e osso

[Zélia Duncan e Moska]




Já perdi uma correntinha que ganhei de um desconhecido na praia, já perdi dois R.G e por consequência perdi algumas horas da minha vida no banco de espera do poupa tempo da Sé, a blusa preta preferida, uma pasta de desenhos, alguns sonhos, o medo de andar sozinha a noite. Já perdi o encanto pela páscoa e a graça pelos desfiles de carnaval... Já perdi amizades por bobagens, já perdi o medo de dizer que amo e, muita vezes, perdi também a vontade de fazê-lo. Perdi um ou dois amores mas também perdi o amor. Perdi um palmo e meio do meu cabelo semana passada e quase ninguém percebeu,  perdi a  confiança cega nas pessoas, perdi um sapo lindo que não era pra ser meu e um elástico inglês, perdi uma tartaruga japonesa, perdi vários brincos no mar, perdi uma mesma pulseira cinco vezes antes de perde-la definitivamente... E a chave de casa, os palitinhos de prender cabelo, show da Zélia Duncan no sesc interlagos num lindo dia de sol, eu perdi... Perdi cartas bonitas e desabafos no fundo da gaveta... Lembranças, poemas, alguma parte que nunca foi minha, perdi... Perdi a vontade de imaginar coisas antes de dormir, porém continuo imaginando... Perdi a timidez e a vontade de comer borrachuelo* todo Natal, perdi o prazer de tomar banho de mar o dia inteiro e depois um picolé de uva com a boca salgada. A vontade de saber como vão algumas pessoas e a dedicação inesgotável que tinha por todas elas, acho que perdi também... Perdi a crença que tinha de que alguém apertava um botãozinho verde pra congelar os mares e as cachoeiras durante a noite e a de que os carros eram ligados na tomada. Perco sempre a hora e as palavras quando preciso delas. O livro emprestado da biblioteca e o interesse por personagens fofos da disney.
Coisas que ficam para trás e quase nunca fazem falta. Quase...

*pra quem não sabe, borrachuello é um doce espanhol...



[constelação ORION]

Aprendi um pouco mais sobre estrelas, hoje. Essa imagem é só pra ilustrar a constelação que agora consigo achar no céu.. veja bem, as Três Marias no centro, joelho, pé e ombros... Diz a mitologia que Orion foi morto por sua companheira Artemis, por causa dos ciúmes de seu irmão Apolo.

"As estrelas brilham será que é para que cada um possa encontrar a sua?"
[O PEQUENO PRÍNCIPE]

... continuo procurando a minha...



- Enviado por: ...:¨°Mä®í£¡ä°¨:... às 00h48
[ ] [ envie esta mensagem ]

_________________________________________




Sampa, 17 (dezessete) de fevereiro de 2007...

"Quando eu atravessava aquela rua morria de medo
De ver o teu sorriso e começar um velho sonho bom
E o sonho, fatalmente, viraria pesadelo
Ali, bem mesmo em frente a um certo Bar Leblon
- Vamos entrar?
- Não tenho tempo!!
- O que é que houve?
- O que é que há?
- O que é que houve, meu amor, você cortou o seu cabelo?
- Foi a tesoura do desejo, desejo meu de me mudar..."
[Alceu Valença]


Adoro tomar banho de madrugada. A noite tão quieta, a rua tão silenciosa e escura... e aqui, uma luzinha no fim do mundo acesa e o barulhinho tímido da água caindo...

Pra mim ainda é dia 17 pq ainda não fui dormir e esse dia merece ser escrito por extenso. Não por ser carnaval ou porque o churras com o pessoal do cursinho foi legal [aaah!! essas rimas... tsc, tsc]... Mas por ser esse o dia das coisas que se vão... e que com o tempo deixam somente uma vaga lembrança de como era antes...

Siim!! estou falando do meu cabelo [ráaaaaa... pode ser que não seja só dele!]... Queria escrever bonitinho que senti tristeza quando vi aqueles cachinhos caídos no chão do salão do cabelereiro, que me comovi por deixar parte de mim assim, ao leo... Mas estaria mentindo porque sequer lembrei de olhar pro chão para ver o que ficou. Dessa vez foi diferente e depois da massagem, lavagem com um shampoo super cheiroso e dois cabelereiros puxando minha cabeça cada um pra um lado... Sai de lá me sentindo outra pessoa!!
Por que pessoas do sexo feminino são assim? compra uma blusa nova, pinta a unha, corta o cabelo e se sente poderosa, pronta para enfrentar o mundo inteiro... Aposto que a maioria delas já se sentiu assim, como me senti hoje...
E é bom, muito bom... não só porque meu cabelo ficou lindo [aah, a maioria nem vai perceber... mas pra mim faz toda a diferença!], mas é bom dar atenção a mim, é bom saber que mereço esse cuidado e que ele precisa vir de mim mesma... mesmo com coisas banais...

Essa Tesoura do Desejo que agora corta tantas coisas da minha vida... Dará espaço para as novas.
É isso  que eu quero agora... tudo novo, de novo!

Quanto ao churras... Pq. São Domingos fica na pqp virando à esquerda... Bêbados continuam sendo chatos e cerveja continua sendo ruim... Ou será que eu sou estranha?... Sei lá, mas foi bom mesmo assim...

Quanto ao carnaval... detesto essa folia fabricada, essa beleza padronizada, a hora e vez das morenas e negras, cor do Brasil, que são esquecidas durante o resto do ano. A cerveja que precisa colocar mulheres semi-nuas em suas propagandas pra conseguir vender mais, a "festa popular" onde só entra quem tem dinheiro pra ir ver o desfile [desfile esse com transmissão exclusiva de uma única emissora... a mesma única que transmite os jogos de futebol e o caramba a quatro!!] ou pra comprar abadás... Que rrraios de festa popular é essa [e que rrraios de democracia é essa?], que eu nunca vi...
Ainda sonho em conhecer o carnaval de verdade, aquele que eu já ouvi falar... no interior, na rua, a vida verdadeira e suas cores... Ano que vem eu me prometo, será diferente!! Quem vai comigo?
podemos ir ver o frevo em recife, os bonecos de olinda... mas iguape pra mim jah estava bom :)!!

sem imagens, sem figuras, sem enfeites e sem frescuras [argh... rimas, outra vez!!]...

... Vou-me embora pra Pasárgada porque lá sou amiga do rei!!



- Enviado por: ...:¨°Mä®í£¡ä°¨:... às 01h28
[ ] [ envie esta mensagem ]

_________________________________________




~° Me atiro do alto e que me atirem no peito... Da luta não me retiro!!! °~


[ A CHUVA DO DIA 10/10/2004 by Me]
 


Assim 2007 começou da melhor maneira possível. Com pouco mais de um mês de vida, já trouxe alegrias para o resto de seus dias e me dá novos animos [além do tempo que antes me faltava] para voltar a pintar.
Posso dizer agora que não há sensação melhor do que a do esforço recompensado. Meu desejo então se realizou e depois disso eu reconheço que eu mereci. Talvez pareça um pouco esnobe, mas não estou julgando os méritos dos outros. Agora vejo quantos ao me redor acreditaram em mim mais do que eu mesma... 
Mas mesmo quando duvidei, àquela voz insinuante e insistente que sussurra "É agora"  no ouvido do trapezista, arrancava de mim algum tipo de esperança  e eu 'me atirava do alto na certeza de que alguém segurava minhas mãos, não me deixando cair. Era lindo mas eu morria de medo. Tinha medo de tudo quase.' E quando dei por mim, passou [e eu passei tbm hehe]. Passou meu temor, minha agústia, aquele mau-humor e voltou minha alegriazinha boba e minha vontade de cantar músicas bregas no chuveiro.

... Enfim, estou de volta e feliz como nunca. Não só por mim, e não só pelas conquistas  ou luta de muitos amigos e pessoas queridas. Mais que isso, o prazer de poder compartilha-las com quem esteve presente no choro, no tédio, no ódio [ódio, por que não?... sentimento humanos que, mesmo sendo muito feio, não posso negá-lo.], na dor.
Obrigada por me fazerem forte e por crerem em mim, pessoas!

"Mas sei que uma dor assim pungente
Não há de ser inutilmente, a esperança
Dança na corda bamba de sombrinha
E em cada passo dessa linha pode se machucar
Azar, a esperança equilibrista
Sabe que o show de todo artista
Tem que continuar..."
[O BÊBADO E A EQUILIBRISTA -
João Bosco e Aldir blanc]

 
 

MUDANDO UM POUCO O RUMO DA PROSA...

Assim, assim... agora é sério.
Quando te vi pela última vez tive uma vontade imensa de te dar um abraço bem apertado e te dizer o quanto eu estou feliz e aliviada, o quanto minha alma transborda de alegria... mas percebi que você não transborda comigo, que você não transbordou outrora e não transbordaria agora [até rimou!!], que a chuva que cai lá fora não atrapalha seu sono, enquanto me faz ficar acordada com a cabeça no travesseiro pensando o quanto é bom que chova [se isso não significar enchentes e desalojamentos!]. Quando te olhei de novo e não te achei, achei só seus olhos fincados no chão ou na parede, percebi que gosto do horizonte e não de fugir ou evitar o passado. Até porque não há motivos para fugir, já que é meio óbvio que passado passou e morreu e se foi...
A princípio evitei esse post para que o último da página não sumisse, mas sei que é melhor que chova e que ele fique junto dos empoeirados...
De uma forma subliminar, obrigada por me fazer forte [II]... haaa sim, muito obrigada.

*Então vá se perder... Então vá se trocar, lavar o seu passado, mudar pra não mudar os passos, sapatos, pés...
E tornar-te quem tu és,  
mistério da sua fé em si*



ié ié iéee... agora da licença, posso escolher?
aaah... o BLAV é mais legal!!

!! FORÇA SEMPRE !!



- Enviado por: ...:¨°Mä®í£¡ä°¨:... às 23h45
[ ] [ envie esta mensagem ]

_________________________________________